Bancos ou gestoras: quais geram mais lucro?

Desde 2013, apenas em dois anos os fundos de renda fixa administrados por bancos de varejo apresentaram desempenho melhor do que os fundos das gestoras independentes. A conclusão está em um estudo realizado pela Economatica, que comparou o prêmio sobre o Certificado de Depósito Interbancário (CDI) de diferentes fundos nos últimos seis anos, e o acumulado de 2019 até agosto.

Apenas em duas oportunidades (2013 e 2015) os bancos de varejo tiveram um desempenho melhor que os demais gestores. Mesmo assim, em geral os resultados foram mais baixos do que o CDI, que acompanha a Taxa Básica de Juros (Selic). Em todas as demais amostras os fundos de bancos de varejo perdem para os demais gestores.

“Os fundos de bancos de varejo na mediana só ultrapassam o CDI no ano de 2017”, observa Einar Rivero, gerente de Relacionamento Institucional da Economatica. “Por outro lado, os demais gestores só perdem do CDI nos anos de 2013 e 2015”, afirma.

Para a amostra de bancos de varejo, foram considerados os seguintes players: Banco do Brasil, Bradesco, CEF, Itau Unibanco e Santander. Um segundo corte foi feito com fundos exclusivos e não exclusivos conforme dados cadastrais na Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA). A Economatica então cruzou as informações para descobrir quais gestores de fundos alcançam os melhores resultados.

Outro recorte da pesquisa considerou fundos de renda fixa com mais de 500 cotistas em seu patamar até 16 de agosto de 2019. A conclusão foi que os fundos dos bancos de varejo perdem para a mediana de todos demais gestores, e o prêmio é inferior a 95% do CDI em todas as amostras. A mediana dos fundos dos demais gestores ganha do CDI em sete das doze amostras.


Analistas de mercado alertam que a baixa remuneração dos fundos de renda fixa podem servir de alerta para quem se acostumou a passivamente ver o dinheiro crescer, sem assumir riscos. Isso ganha importância em meio à queda da Taxa Selic, que está em 6% ao ano, e também perante o mar de oportunidades que a bolsa de valores tem apresentado.

“Quem estava ganhando dinheiro na renda fixa com títulos pré-fixados agora terá que se mexer. A bolsa cresce e valoriza, com a entrada de mais dinheiro, e isso também acontece com o mercado imobiliário, mercado de energia e tudo que envolve risco”, afirma Carol Paiffer, CEO da Mesa Proprietária Atom S/A.

COMPARAÇÃO: Quanto os fundos de cada tipo de gestor pagaram do CDI em cada período:

2013
Gestoras sem os bancos do varejo: 94,11%
Banco do varejo: 96,97%

2014
Gestoras sem os bancos do varejo:100,46%
Banco do varejo: 99,89%

2015
Gestoras sem os bancos do varejo:98,50%
Banco do varejo:98,84%

2016
Gestoras sem os bancos do varejo:101,33%
Banco do varejo:99,43%

2017
Gestoras sem os bancos do varejo:101,41%
Banco do varejo:100,15%

2018
Gestoras sem os bancos do varejo:100,75%
Banco do varejo:98,43%

2019
Gestoras sem os bancos do varejo: 106,10%
Banco do varejo: 99,16%

Média de 24 meses
Gestoras sem os bancos do varejo: 102,33%
Banco do varejo: 99,12%

Média de 48 meses
Gestoras sem os bancos do varejo: 101,83%
Banco do varejo: 99,70%

Média de 60 meses
Gestoras sem os bancos do varejo: 100,93%
Banco do varejo: 99,70%

Fonte: Economatica