B2W e Lojas Americanas devem unir operações

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Ações da Semana
A varejista online B2W (dona de Americanas.com e Submarino) e a Lojas Americanas, anunciaram ontem, em fato relevante, que iniciaram estudos para uma possível combinação operacional dos dois negócios.

A medida já era cobrada por analistas como solução para destravar a avaliação das empresas. A explicação é que, com as operações separadas, o negócio digital do grupo deixa de usar a rede de lojas físicas como pontos logísticos estratégicos para fazer os produtos chegarem aos clientes de forma mais rápida e barata. Em 2020, a B2W assistiu a empresas que são tradicionalmente do ramo de lojas físicas ganharem força no segmento de e-commerce.

Esse modelo multicanal já é explorado pelas concorrentes Magazine Luiza e Via Varejo. “Faz enorme sentido (a união). A maior desvantagem da B2W para se tornar um ecossistema e fazer frente à escalada do Magazine Luiza, do Mercado Livre ou Amazon era esse nó societário de não poder pensar o negócio como um só por causa de estruturas societárias distintas”, diz Alberto Serrentino, fundador da Varese, consultoria de varejo. A Lojas Americanas é controladora da B2W.

Analista da XP, Danniela Eiger concorda que o movimento é positivo, mas pondera que é necessário ter mais detalhes de como a negociação se desenrolará. “Vemos como positivo estrategicamente, mas temos de entender quais serão os termos desse potencial movimento”, diz. Apesar de o acordo ter sido anunciado após o fechamento do mercado, os papéis da B2W subiram quase 7% ontem, na B3.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba conteúdos diariamente por e-mail

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

"O Estado de S. Paulo" é o mais antigo dos jornais da cidade de São Paulo ainda em circulação . Em 4 de janeiro de 1875, ainda durante o Império, circulava pela primeira vez "A Província de S. Paulo" - seu nome original.

Você pode se interessar por

Publicidade

Receba notícias pelo Telegram

Leia também

Tire dúvidas sobre investimentos

Últimas atualizações sobre

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.