Autoridade Bancária Europeia autoriza bancos a serem ‘flexíveis’ com moratórias

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Receba notícias por Whatsapp

Receba notícias pelo Telegram

A Autoridade Bancária Europeia (EBA, na sigla em inglês) autorizou que os bancos da região sejam flexíveis quanto a moratórias de clientes afetados pela pandemia de coronavírus. Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 25, o órgão informou que as instituições não serão obrigadas a classificar essas moratórias automaticamente como default

“No entanto, isso não retira a obrigação de instituições de créditos de avaliarem a qualidade de crédito dos beneficiários dessas medidas e de identificar uma situação de inabilidade de pagamento”, ponderou a entidade, em nota.

A EBA destacou que apoia todas as medidas de governos para lidar com o impacto “adverso” da Covid-19 na economia, como moratórias em geral e adiamento de impostos. “Dada a natureza do presente choque, que também pode ter implicações a médio e longo prazo, a flexibilidade nos marcos contábeis e regulatórios deve ser totalmente utilizado pelas instituições para ajudar manter a solidez durante a crise e fornecer funções críticas à economia”, ressaltou.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também