Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ativa avalia resultados 3T22 da BrasilAgro; Veja se vale a pena investir

Data da publicação

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Destaques

Data da publicação

Foto Reprodução: Freepik

Confira a análise da Ativa referente aos resultados do 3T22 divulgados pela BrasilAgro (AGRO3).

A Brasil Agro apresentou um resultado trimestral em linha com as estimativas da Ativa. A receita continua forte em função do momento favorável das culturas agrícolas, sobretudo dos grãos e da cana de açucar.

A forte queda t/t se deve ao fato de não terem ocorrido vendas de fazendas no trimestre. Os destaques com vendas de produtos foram as operações de soja, milho e cana-de-açúcar, que tiveram preços e produtividade favoráveis.

Publicidade

Segundo os analistas da Ativa, os destaques negativos ficaram com as culturas de feijão e algodão, que tiveram queda significativa de receita em função de quebras de safra e estratégias de plantio.

Apesar da resiliência dos preços dos grãos, os custos também aumentaram significativamente, sobretudo com frete, armazenagem, operação recém-adquirida na Bolívia, e comissões advindas da venda, no ano passado, da fazenda Alto Taquari.

Com efeito, houve queda de EBITDA de 26% na visão YoY, juntamente com queda de 18,6pp na margem EBITDA pelos mesmos fatores.

Vendas de soja, milho e cana-de-açúcar:
A receita líquida de vendas de produtos agrícolas cresceu 90% YoY, em razão de aumento de receita com venda de soja (+208% YoY), milho (+36% YoY e cana-de açúcar (+14% YoY).

Os três produtos foram os destaques em produtos agrícolas no período, devido à alta expressiva de preços desses produtos no mercado internacional, mas também devido ao aumento de volumes de venda de soja.

Desempenho do feijão e algodão:
A receita com vendas de feijão caiu 53% YoY, sendo, juntamente com o algodão, cuja receita caiu 89% no período, os produtos de destaque negativo no trimestre.

O resultado fraco do feijão se deve a condições climáticas que afetaram o plantio do grão dentro da janela ideal, impactando negativamente a qualidade do produto.

Publicidade

O algodão, por sua vez, teve queda de receita em função da redução de 23% da área plantada e consequente redução do volume produzido, além das condições climáticas, que ocasionaram quebra de safra.

CPV e despesas com vendas:
Apesar da alta expressiva da receita e das margens, a companhia também sofreu com alta de custos. O CPV de soja e milho, por exemplo, subiram 60% YoY e 190% YoY, respectivamente. no período devido ao aumento de custos de fertilizantes, defensivos, frete e taxa de câmbio.

O aumento de custos ocasionou queda de 11 p.p. na margem bruta YoY. Além disso, as despesas com vendas subiram 189% YoY devido aos custos com a operação recém-adquirida na Bolívia, aumento de custos com frete e armazenagem, além de comissionamentos pela venda da Fazenda Alto Taquari. O aumento das despesas levou à queda de 18pp na margem EBITDA YoY e queda de 26% no EBITDA YoY.

Visão da Ativa sobre o resultado

Segundo os analistas da Ativa, a Brasil Agro apresentou um resultado trimestral que corrobora a tese de investimentos. A empresa tem aproveitado o bom momento do setor, com a alta dos grãos, para pagar dividendos e vender fazendas a preços atrativos.

“No entanto, acreditamos que o ciclo de grãos atualmente encontra-se no pico e que as incertezas relacionadas a altas de custos com fertilizantes e frete devem normalizar a margem da companhia a partir do fim de 2022” Avaliam os analistas.

Descubra quais são as principais recomendações dos analistas

Autor

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade
Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.