Amazon entra no jogo e já pressiona as varejistas

Concorrente de peso “entra” no país e empresas do setor de varejo na bolsa sofrem pressão. Segundo o Brazil Journal, a Amazon está lançando o programa de assinatura Prime no Brasil. O serviço que custará R$9,90/mês (ou R$89,90/ano) fornece frete grátis, entrega em 48 horas e acessos ao Prime Vídeo (serviço de streaming semelhante ao Netflix) e ao Amazon Music (que compete com o Spotify), entre outros. Por enquanto, apenas os produtos da operação própria de e-commerce (1P) estarão disponíveis pra o Prime, que somam 550 mil produtos (SKUs), e a entrega em dois dias está restrita a 90 cidades; 

Amazon pressiona as varejistas…

Como comparação, a B2W (BTOW3) também possui o serviço Prime que entrega suporte para mais de 1,3 milhões de produtos, com frete grátis para algumas cidades e operações de e-commerce e marketplace, mas ainda não deslanchou.

Como sempre o movimento de caos e euforia ocorrem constantemente no mercado financeiro, por este motivo defendemos muito a diversificação como proteção contra os riscos.

Ao que tudo indica, a pressão nos preços dos papéis do setor de varejo é algo inevitável. Os impactos relevantes nas concorrentes (como Via Varejo e Magazine, por exemplo) serão vistos ao longo do tempo.

Hoje, tudo que se vê, são os movimentos especulativos entre caos e euforia e nada definitivos para este mercado.

Como BTOW3 caindo mais de 12% nestes últimos dois dias.

image 24 - Amazon entra no jogo e já pressiona as varejistas
TrandingView

Via Varejo que acentuou a queda para mais de 9% nesta semana.

image 25 - Amazon entra no jogo e já pressiona as varejistas
TrandingView

E Magazine Luiza que nesta semana já acumula queda acima de 11%.

image 27 - Amazon entra no jogo e já pressiona as varejistas
TrandingView

O que resta aos varejistas é seguirem com seus planos de digitalização, na compra digital e retirada na loja e crescendo no modelo de e-commerce.

A volatilidade nos papéis das empresas é um fator inevitável, mas por enquanto, não desperta grandes preocupações quanto à mudanças no cenário do setor pelos analistas. Como na XP Investimento que mantém sua última recomendação neutra para Magazine Luiza, compra para B2W, compra de Via Varejo.

No consenso de mercado da Thomson Reuters, a BTOW3 sem mantém com preço-alvo médio de R$43,69. A Via Varejo com preço-alvo médio de R$ 7,06. E, por fim, Magazine Luiza com preço-alvo médio de R$ 31,25.