Alta do PIB da Alemanha do 3º trimestre é revisada de 8,2% para 8,5%

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tweet
Compartilhar no linkedin
Publique
Compartilhar no whatsapp
Encaminhe
Compartilhar no email
Envie

Newsletter

Tire dúvidas sobre investimentos

Receba notícias pelo Telegram

O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha cresceu 8,5% na passagem do segundo para o terceiro trimestre, informou nesta terça-feira, 24, o Escritório Federal de Estatística(Destatis). Esta é a segunda leitura do indicador. A primeira, divulgada em 30 de outubro, estimava avanço de 8,2%. Economistas ouvidos pelo Wall Street Journal esperavam que a revisão mantivesse o mesmo nível de expansão.

O salto veio após o recuo de 9,8% do primeiro para o segundo trimestre. Em termos anuais, a queda no terceiro trimestre foi mais suave – passou de 4,3% para 4,0%. A contração esperada era de 4,3%.

O consumo das famílias, que aumentou 10,8% em relação ao trimestre anterior, contribuiu significativamente para o salto no terceiro trimestre. Na primeira leitura, o avanço notado foi de 9%.

A despesa pública aumentou 0,8% no terceiro trimestre, após um aumento de 2,2% no segundo trimestre, estabilizando o crescimento econômico durante os três primeiros trimestres do ano.

A formação bruta de capital fixo em máquinas e equipamentos cresceu 16,0%. No entanto, o capital fixo na construção caiu 2,0% em relação ao trimestre anterior.

Um aumento também foi registrado no comércio exterior. No terceiro trimestre, as exportações de bens e serviços aumentaram 18,1% em relação ao segundo trimestre e as importações também subiram 9,1%.

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão.
Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso.
Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também