Nesta quarta-feira (12), as ações de empresas de mineração de Bitcoin (BTC) registraram alta, um dia após o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestar apoio ao setor.  

O pronunciamento de Trump, divulgado na noite de terça-feira (11) em sua rede social, Truth Social, enfatizou a importância da mineração de bitcoin em solo americano, provocando uma rápida reação positiva no mercado. 

A TeraWulf liderou a recuperação, atingindo um pico de valorização de quase 20% ao longo do dia. As ações da empresa alcançaram a cotação máxima de US$ 4,13, antes de recuarem para US$ 3,96, ainda representando um ganho substancial de 14% em comparação ao fechamento do dia anterior.  

STF nega novo habeas corpus a Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como ‘Faraó do Bitcoin’

Este desempenho impressionante contribuiu para uma elevação de mais de 70% no valor das ações da TeraWulf ao longo do último mês, conforme dados do TradingView. 

Trump destacou a mineração de bitcoin como uma “última linha de defesa” contra uma potencial moeda digital do Banco Central dos EUA, insinuando que a administração atual, sob Joe Biden, estaria prejudicando a indústria de criptomoedas.  

Publicidade

CONHEÇA A COBERTURA QUE VAI

AUMENTAR SEU DINHEIRO NOS INVESTIMENTOS

Agendas, Análises, Recomendações, Carteiras e muito mais!