“Acabar com mais uma mamata”

São Paulo, 7 de agosto de 2019 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, acompanhando a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais, beneficiada pela recuperação das commodities e impulsionada pela aprovação da reforma da Previdência em segundo turno na Câmara e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo mais uma parte da forte valorização já acumulada em AGO/10 (4,2%), seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e a esperada melhora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,1%, sustentando o patamar dos 100.000pts e recuperando parte das perdas recentes, acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY e impulsionada pelo amento das “apostas” de novos cortes da taxa básica de juros brasileira e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,95, interrompendo uma sequência de 6 altas seguidas, influenciado pela melhora do “humor” na bolsa tupiniquim e pela expectativa de aumento das exportações do país.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,6% e China -1,6%, seguindo as perdas das bolsas de NY no dia anterior e ainda prejudicadas pelo aumento das tensões comerciais entre Washington e Pequim, (2) da EUROPA, com 5 dos 6 índices mais importantes fechando nas mínimas do dia, Inglaterra -0,7%, França -0,1% e Alemanha -0,8%, novamente com preocupações sobre o crescimento econômico global pressionando as ações e derrubando as commodities e (3) dos EUA, tentando iniciar um movimento de recuperação, S&P 1,3%, DJ 1,2% e NASDAQ 1,4%, com destaques de alta para as ações de bancos e de empresas de tecnologia, como Apple (1,9%), Microsoft (+1,9%), Goldman Sachs (2,2%) e Morgan Stanley (1,8%).

Descartando, ao menos por enquanto, uma guerra cambial entre China e EUA, David Beker, economista e estrategista chefe para o Brasil do Bank of America Merrill Lynch, afirmou que o movimento de cortes de juros das economias desenvolvidas deve prosseguir, o que elevará os fluxos de recursos para as economias emergentes.

Segundo Rodrigo Franchini, responsável pela área de produtos da gestora Monte Bravo, o avanço das ações dependerá daqui em diante do desafio do governo Bolsonaro de promover a recuperação da economia doméstica, em meio ao ambiente de volatilidade do mercado internacional.

Deixando claro que, se tudo correr como esperado, a taxa básica de juros da economia brasileira seguirá em queda, na ata da sua reunião da semana passada o Copom estimou que o PIB tupiniquim apresentará ligeiro crescimento no segundo trimestre, estimulado pelos saques de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/PASEP.

Diante dos sinais que já haviam sido emitidos pela autoridade monetária, economistas reviram suas expectativas para a Selic neste ano, passando a ver a taxa encerrando o ano em 5,25%, contra 5,5% antes, perspectiva que embute uma redução adicional de -0,75%.

Modernizando o país e aproveitando para “acabar com mais uma mamata” da nefasta imprensa socialista tupiniquim, ontem Bolsonaro assinou uma medida provisória que permite a empresas de capital aberto a publicação de balanços a custo zero no site da CVM ou do Diário Oficial, desobrigando a sua vinculação em jornais impressos.

Se livrando daquilo que não precisa ter, com o objetivo de levantar recursos para financiamento de projetos de infraestrutura, a Caixa Econômica Federal avisou que venderá as ações do Banco do Brasil que estão sob gestão do FI-FGTS, porem ressaltou que ainda não definiu o modelo de venda, que poderá ser por oferta pública na Bolsa.

Abrindo espaço para uma solução para o aeroporto de Viracopos, em Campinas, e para as rodovias concedidas pela ex-presidenta Dilma, hoje Bolsonaro deve baixar um decreto que permitirá aos grupos em dificuldades financeiras a devolução amigável das concessões para posterior relicitação.


Política:

Conforme esperado, ontem, após a retomada das discussões sobre a reforma da Previdência na Câmara, a referida matéria foi aprovada, por 370 votos a 124, e agora será encaminhada para apreciação e provável aprovação no Senado.

A equipe econômica e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, acreditam que até SET/19 a restruturação das regras de aposentadorias e pensões seja aprovada definitivamente pelo Congresso e vá à promulgação presidencial.

Defendendo a nefasta imprensa socialista tupiniquim, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, afirmou que não é a melhor decisão retirar, “da noite para o dia”, a receita, ou seria a mamata, que os jornais têm ao publicarem balanços das empresas de capital aberto.

Canetinha de aluguel da organização criminosa petista, o UOL, que trabalha diuturnamente para soltar Lula, acusou, com mensagens roubadas por um hacker, o brilhante promotor Deltan Dallagnol de usar o partido Rede para mover ação contra decisão de Gilmar Mendes, depois que o nefasto ministro do STF concedeu um Habeas Corpus de ofício em favor do bandido tucano Beto Richa.

Para barrar uma grande besteira do presidente Bolsonaro, o senador Styvenson Valentim, do Podemos, já juntou 40 assinaturas de apoio a uma PEC contra o nepotismo que, se aprovada, impediria a nomeação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil nos EUA.

Emparedando os líderes da organização criminosa petista, hoje a CPI do BNDES pode votar a convocação de Lula e Dilma, em requerimentos apresentados pelo deputado Delegado Pablo, do PSL Amazonense.

Preocupados em não irem para a cadeia, o nefasto grupo de trabalho na Câmara dos Deputados que analisa o pacote anticrime do ministro Sergio Moro rejeitou ontem a inclusão no texto final do chamado “plea bargain”, que é um tipo de solução negociada entre o Ministério Público, o acusado de um crime e o juiz.

Finalmente fazendo o que deve fazer, Raquel Dodge, procuradora-geral da República, recorreu ontem da criminosa decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, que, para defender bandidos, suspendeu procedimentos de fiscalização da Receita Federal e afastou dois servidores do órgão.

Mostrando que prefere socialistas, bandidos e terroristas, o Conselho Superior do Ministério Público Federal rejeitou ontem o pedido do governo Bolsonaro para que o procurador Ailton Benedito fosse designado como membro da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos.


Crítica:

Como uma empresa que quer ser séria não pode negociar ou se envolver com bandidos, ontem a Petrobrás, coberta de razão, cancelou o contrato que tinha com o escritório de advocacia de Felipe Santa Cruz, o nefasto petista que preside a OAB.

Com o feminismo vencendo, e prejudicando a vida e a formação das crianças, o percentual da população feminina do Brasil que se considera “do lar” caiu de 19% em 1993 para apenas 7% atualmente.

Como a substancia é natural, muito eficiente e não tem efeitos colaterais, a demanda dos pacientes tupiniquins pela importação de tratamentos baseados em substâncias da maconha saltou 700% desde 2015, segundo dados da Anvisa.

Como vive cercado de seguranças e só anda em carro blindado, Edson Fachin, ministro do STF, decidiu esvaziar unidades de internação superlotadas, com isto 542 adolescentes menores infratores foram soltos no RJ, sendo que 11 deles são suspeitos de homicídio, 6 de latrocínio (roubo seguindo de morte), 5 de estupro de vulnerável e 4 de tortura.


PAZ, amor e bons negócios;


O “R.B.” representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: rb@relatoriobrasil.com