Publicidade
Publicidade

A Governança Corporativa nas Empresas Familiares: Profissionalização e Sucessão.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

As empresas familiares são uma excelente forma de negócio no mundo todo, inclusive no Brasil onde estima-se que o mercado seja formado por cerca de 80% de empresas familiares. Esse tipo de empresa é diversificado em tamanho, área de atuação, capacidade de atendimento, produtos e/ou serviços, porém todas têm algo em comum: são geridas por membros de uma mesma família, com a característica de manter na organização a convivência entre gerações.

Possuem inúmeras vantagens e desvantagens decorrentes do fato de ser uma organização de natureza familiar, portanto, para manter a continuidade dos negócios de família é necessário determinar regras de conduta corporativa, além de promover a formação de sucessores que tenham o perfil do cargo a ser assumido, bem como vínculo com a cultura organizacional.

Publicidade

As oportunidades para lucrar com proventos todos os meses

Este é o caminho para perpetuação da empresa familiar e do sonho do fundador. Sem dúvida, a figura mais importante da empresa familiar é o fundador. O pai, o avô, aquele que desenvolveu e concretizou o negócio, é exemplo a ser seguido pelos familiares, pois, a imagem que a organização apresenta frente ao mercado está diretamente vinculada à personalidade do patriarca.

Publicidade




Seus princípios e valores são incorporados no modo de atuação da empresa, direcionando o posicionamento que ela apresenta frente aos funcionários, aos clientes e à comunidade. A identidade de uma empresa familiar, portanto, está pautada em quatro pilares, que foram adotados pelo fundador no início do negócio, e devem ter continuidade com seus sucessores. São elas: Palavra/Credibilidade; Perseverança; Carisma/Liderança e Cultura.

Publicidade

Combine análises, day trade, swing trade e muito mais

Um mal que aflige muitas empresas de natureza familiar é mortalidade precoce decorrente de conflitos entre parentes, causados, principalmente por disputas pelo poder. Pesquisas mostram que, de cada 100 empresas familiares, somente 30 sobrevivem à segunda geração e 5 à terceira geração.

Para que isso não ocorra a continuidade deve ser realizada com o planejamento sucessório, além de inclusão de ações de Governança Corporativa, sendo este um instrumento de profissionalização e de transparência, que permite a redução dos conflitos entre parentes.

Para garantir uma boa sucessão, além de permitir estabelecer a profissionalização dos processos organizacionais, é necessário obter boas práticas de Governança Corporativa, cuja finalidade é: aumentar o valor da sociedade; facilitar o acesso ao capital e contribuir para a sua perpetuação.

Sua formação e estrutura podem ter o papel decisivo na sobrevivência da empresa, na conquista de novos mercados e nos direcionamentos estratégicos das organizações. Com regras que nortearão a condução dos negócios e que precisam ser claras e bem definidas, de maneira a perpetuar o sonho do fundador.

Domingos Ricca

Domingos Ricca

Sócio-Diretor da Ricca & Associados Consultoria e Treinamento, Conselheiro Fiesp e Conselheiro do COMPI - Conselho Superior da Micro, Pequena e Média Indústria , sócio da Revista Empresa Familiar. Consultor especializado em Empresas Familiares. Certificado em Governança Corporativa pela SQS Suíça e Fundação Vanzolini. Idealizador e apresentador do Programa Vida de Empresário.

Você pode se interessar por

Acionista consome. Acionista investe.

Você como Acionista, consome da
empresa que investe?

Receba notícias pelo Telegram

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade

Parabéns!
Cupom de Desconto Descoberto!

Cupom: BEMVINDO10

Participe do Telegram Acionista!

Receba informações do mercado financeiro gratuitamente.

Não vá embora ainda!

Conheça nosso Clube exclusivo e gratuito

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.