sexta-feira, fevereiro 28, 2020

A composição de uma carteira de ações em momentos de incertezas

-

O mercado financeiro normalmente está tentando prever alguns acontecimentos, principalmente econômicos e políticos, que normalmente são tomadas com base escolhas e falas dos governantes que já deixam a entender qual será o rumo das decisões. Por este motivo, a composição de uma carteira de ações, em momentos de incertezas, precisa estar protegida dos eventos de risco.

No Brasil, temos as consequências de um otimismo com uma melhora econômica, as futuras privatizações, os novos IPOs, os movimentos dos juros e outras reformas estruturais. No qual, possivelmente, demonstram que vão chegar ao seu desfecho porém através de muito esforço e turbulência nos mercados. Com essas inconsistências no meio do caminho, o mercado financeiro já se antecipa, por isso vemos a bolsa com alta volatilidade.

A tendência de nosso mercado local segue para uma curva de crescimento, porém sob extrema cautela. Devido à várias noticias que relaciona o conturbado cenário internacional. Além disso, estamos em época de resultados trimestrais, no qual geralmente agrega com volatilidade nos preços das ações.

Com o mercado sendo afetado por vários lados, os rendimentos dos ativos podem sofrer no curto prazo. Portanto o desempenho das empresas podem contribuir para qualificar nas alocações dos ativos. Junto a isso, as carteiras recomendadas enviadas por várias corretoras em nosso portal, contribuem como sugestão de boas ações sugeridas por especialistas.

A ideia de uma carteira de ações…

A composição de uma carteira de ações em momentos de incertezas precisa estar alinhada com ativos que apresentam menor volatilidade. Junto a isso, acompanhada da ideia de investimento no longo prazo. Neste caso, inclui ações de empresas com o perfil de distribuição de dividendos, com resultados sólidos e estáveis.

É preciso conhecer os riscos da renda variável, nenhum lucro passado é garantia de sucesso no futuro. Portanto se alguém no seu entorno promete algo neste sentido, desconfie! Ser consciente de que há boas empresas e boas projeções é diferente de “100% de retorno garantido”.

Com isso, escolha por conta própria e siga ideias de investimento conhecendo os riscos, para que não haja surpresas depois, principalmente em momentos de quedas na Bolsa. O bom planejamento financeiro, inclui a diversificação nos investimentos. Deste modo é possível conseguir bons rendimentos. No qual é a partir do dimensionamento dos riscos que as escolhas devem ser feitas, para que seja aproveitado da melhor forma esse momento de volatilidade.

Fonte: Gueratto Press, Nova Futura.

A principal referência do mercado financeiro

Aqui no Acionista você tem a oportunidade de ler, comparar e decidir.

Trabalhamos em prol do investidor, aproximando em apenas um local diversas opiniões, sugestões e expectativas para o mercado.

CONHEÇA AS NOSSAS ASSINATURAS

- Anúncio-

 

Últimas Notícias