Publicidade
Publicidade
Publicidade

Vale (VALE3): Veja a análise da Ativa e a recomendação após 1T22

Data da publicação

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Data da publicação

Confira a análise da Ativa sobre o resultado trimestral da Vale (VALE3) no 1T22. A empresa que está no radar de diversos investidores e que figura entre as maiores mineradoras globais.

As operações da companhia atualmente estão presentes em cerca de 20 países. Além da mineração, a empresa atua na logística via ferrovias, portos, terminais e infraestrutura. Bem como, no setor de energia e siderurgia.

Resultado 1T22 da Vale (VALE3)

Os analistas da Ativa destacam que conforme o relatório de vendas e produção havia adiantado, o trimestre de Vale foi impactado por três fatores:

Publicidade
  • Pela maior incidência de chuvas no sudeste;
  • O atraso na obtenção de licenciamentos em seu sistema Norte; e
  • Pelas paradas realizadas nas operações de níquel e cobre.

Como resultado, do lado positivo, o preço das commoditites contribuíram no balanço. Os maiores preços realizados em finos de minério e na operação de níquel. Bem como, os maiores prêmios de qualidade em finos de minério, compensaram, em parte, a fraqueza dos volumes vendidos. Contudo, em cobre, os maiores preços realizados não foram suficientes para evitar a queda no Ebitda do segmento.

Em suma, a Vale (VALE3) registrou, de forma consolidada, margem bruta e Ebitda levemente acima do que os analistas esperavam. Contudo, apesar dos destaques positivos, a casa afirma recomendação neutra para o papel.

  • Quer saber o preço alvo e a recomendação conforme o Consenso de Mercado para a Vale (VALE3)? Veja por aqui.

Análise Ativa Investimentos

Minerais ferrosos

Em finos de minério, os menores volumes vendidos foram, em parte, compensados por maiores preços realizados de minério de ferro (U$D 141,4/t) e maiores prêmios de qualidade.

Ainda assim, os custos foram afetados pela menor diluição em função dos volumes diminutos. Bem como, maiores custos de demurrage, impactos negativos do câmbio e maiores custos de combustíveis.

Dessa forma, o Ebitda do segmento retraiu 5,9% QoQ.

Conforme os analistas, diante das maiores dificuldades pontuais em escalar a sua operação, ao evitar maiores retrações, a Vale continuou sendo exitosa na aplicação de sua estratégia de priorização de valor sobre volume ao longo deste trimestre.

Metais básicos

No segmento, a equipe de analistas da Ativa tem uma visão positiva dos resultados de níquel. Por outro lado, negativa para cobre.

Publicidade
  • Em níquel:

Os maiores preços realizados garantiram melhores resultados. Apesar das paradas de manutenção terem diminuído os volumes da operação.

  • No cobre:

As menores vendas e as despesas da parada realizada em Sossego fizeram o Ebitda da operação retrair 44,4% QoQ.

Desinvestimentos seguem acontecendo

Conforme os analistas da Ativa, em fevereiro, a companhia vendeu sua participação na CSI. Já em abril, concluiu a venda de sua participação na mina de carvão de Moatize. Nesse sentido, o desinvestimento da totalidade seus ativos no Sistema Centro-Oeste. Ao passo que a casa afirma o movimento assertivo da empresa.

Do mesmo modo, os analistas enxergam a postura da companhia em priorizar a rentabilidade de seu portfolio em sua gestão estratégica na alocação de recursos como positiva. “Acreditamos que os desinvestimentos realizados agregar valor aos papéis da companhia” afirma a casa.

Nova meta de dívida líquida expandida

Ao mesmo tempo, tendo a sua dívida líquida atingido U$D 19,4 bi neste trimestre, o Conselho de Administração da Companhia aprovou a alteração da meta de dívida. Ao qual dos atuais U$D 15 bi para um range entre U$D 10 bi e U$D 20 bi.

“Acreditamos que a mudança é saudável do ponto de vista financeiro. Uma vez que Vale dispõe de um endividamento relativamente pequeno e o aumento do range permitirá que a companhia disponha de maior margem de manobra para decidir sobre futuros investimentos ou ainda à respeito de propostas de aumento de remuneração ao seus acionistas” afirmam os analistas.


O Clube Acionista tem uma opção interessante pra você que está sempre atento ao mercado e gosta de acompanhar as principais recomendações de ações.

É o Tendências em Ações onde você encontra opiniões de especialistas do mercado. Bem como, quais são as mais recomendadas da semana e também atualizações sobre as empresas da bolsa de valores.

Aproveite e acesse esse Conteúdo Exclusivo que vai te ajudar a tomar as melhores decisões na hora de investir.

Publicidade

A cobertura completa para atrair bons investimentos

Autor

O portal Acionista.com.br aproxima investidores, informações e investimentos com conteúdos atualizados diariamente sobre o mercado financeiro e as companhias abertas nos diferentes meios digitais – website e redes sociais.

Receba informações do mercado financeiro no seu celular gratuitamente

Compartilhe esse post nas suas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Você pode se interessar por

Publicidade

Leia também

Publicidade

Advertência

Declaramos que o Portal Acionista.com.br não se responsabiliza pelas informações divulgadas neste site e qualquer outro canal, tanto referente às matérias de produção própria , quanto matérias ou análises produzidas por terceiros ou reproduzidas de links autorizados, publicados nas nossas páginas a partir de uma seleção criteriosa, porém sem garantir sua integralidade e exatidão. Matérias e  análises produzidas por terceiros são de inteira responsabilidade dos mesmos. As informações, opiniões, sugestões, estimativas ou projeções referem-se a data presente e estão sujeitas à mudanças conforme as condições do mercado, sem prévio aviso. Informamos, ainda, que o Acionista.com.br não faz qualquer recomendação de investimento e que, portanto, não se responsabiliza por perdas, danos, custos e lucros cessantes decorrentes de operações financeiras de qualquer tipo, enfatizando que as decisões sobre investimentos são pessoais.
Importante lembrar sempre: ganhos passados, não são garantia de ganhos futuros.

Publicidade
Publicidade

Telegram Acionista

Os principais destaques do mercado! A melhor cobertura.

Esse site usa cookies para personalizar o conteúdo, propagandas e acompanhar o tráfego de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.